quinta-feira, 14 de março de 2013

Eleição sem pesquisa e mídia


Eu sempre quis assistir a uma eleição para algum cargo publico no Brasil que não existisse a pesquisa e a manipulação da mídia, assim como acabou de ser o conclave para a eleição do novo papa, o agora papa Francisco.

Nessa eleição falavam de um brasileiro, de um americano, de um africano, mas ganhou um argentino que ninguém citava. A eleição para papa é, ao que tudo indica, secreta, e isso não mostra quem é favorito, quem é mais ou menos que quem.

Imagine se na sua cidade ou estado também fosse assim. Será que ganhariam sempre os mesmos picaretas de sempre??? O poder do dinheiro para fazer propaganda seria usado quando o cara fosse eleito. O tempo de TV seria igual para todos, as mídias mostrariam a verdade, e assim a população poderia votar realmente consciente.

Ai me dizem “a eleição no conclave não é democrática”. Pelo que leio todos os cardeais votam, logo é democrática por ser a escolha de um grupo. Democracia não é dar voz aos que querem aparecer, e sim aos que sabem como escolher.

Só me resta desejar boa sorte ao argentino Jorge Mario Bergoglio, para que saiba cuidar da Igreja, dos assuntos que pertencem a ele agora e que todos façamos a nossa parte também, pois ele sozinho é só um, todos temos que nos unir para o bem do mundo, independente de religião.


4 comentários:

  1. Gostei da sua reflexão. Acho que se na política, a eleição fosse assim, pelo menos uma pequena melhora haveria. É uma questão para se pensar e quem sabe daqui uns anos, coloca-la em prática.

    ResponderExcluir
  2. Na Politica essa possibilidade é remota, politicos adoram aparecer.

    Parabéns por mais uma magnifica postagem.

    abraços
    Caio
    http://jonathanejonathan.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Penso como você! Se todos os políticos tivessem exatamente o mesmo tempo para mostrar suas propostas no horário eleitoral, já seria um grande avanço! E todos esses cartazes, sempre poluindo as cidades? É uma vergonha enorme e, além disso, os que acumularam mais dinheiro (vai saber como..) e se mostram "populares" sempre acabam conquistando aqueles que não sabem direito no que se basear para dar um voto. Gostei da reflexão! (:

    ResponderExcluir
  4. A politica brasileira é uma verdadeira zona e cada dia mais o povo não ta nem aí.
    O poder de mudança está em nossas mãos, mas não nos qualificamos parra as saber usar.
    Se um politico analisar o currículo de um papa, se sentirá um nada.

    Post novo, venha conferir!!!
    http://gabriellyrosa.blogspot.com G.R ♥

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.