sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

O papa não é pop


E nem tem que ser.

A Igreja tem que se adaptar aos novos tempos, como tudo, mas os fieis tem que continuar a entender a sua Igreja.

É muito fácil querer um papa moderno já que hoje tudo é moderno. Mas hoje em dia as coisas não são modernas e sim, fáceis.

O cantor não tem fãs, ele tem amigos, que conversa diretamente com ele e expõe o que achou do ultimo lançamento, alias, lançamentos cada vez mais escassos.

Tá na hora de se pensar que as coisas são como são e na velocidade que são. Qual a necessidade de o Papa ter twitter, facebook ou instagram se as pessoas, que não são da Igreja, só vão criticar o que ele posta?

O esporte preferido das pessoas é o mesmo há anos, reclamar. E agora, via computador, todo mundo sabe que pode falar o que quiser, mas que nem sempre vai ser ouvido por ninguem

4 comentários:

  1. Falou tudo. Essa especulação em cima da renuncia do Bento 16 ta enchendo o saco.

    ResponderExcluir
  2. Bela perspectiva! Muito bem exposta também.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Eis a verdade que tange: "O esporte preferido das pessoas é o mesmo há anos, reclamar. E agora, via computador, todo mundo sabe que pode falar o que quiser, mas que nem sempre vai ser ouvido por ninguém."

    Voltarei mais vezes.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  4. Realmente, boa perspectiva dos fatos. São poucas as pessoas que têm uma mente aberta e flexibilidade para lidar com assuntos polêmicos. Continue assim, a reflexão engrandece a alma. Bjus! :D

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.