domingo, 28 de agosto de 2011

Por que se gosta tanto de UFC no Brasil?


Ultimate Fighting Championship (UFC) é uma organização americana de MMA (Mixed martial arts ou Full Contact NHB). Lutadores desse esporte usam diferentes modalidades como jiu jitsu, boxe, wrestling, muay thai, karate, e muitas outras artes marciais. O UFC é comandado pela Zuffa Entertainment, LLC, e presidida pelo americano Dana White.

Mas e daí???? O que eu ou você temos a ver com isso? Aparentemente nada, a não ser o fato de o Brasil ter adotado o esporte como “o segundo oficial” passando o vôlei, o automobilismo e qualquer outro esporte que pareça ser mil vezes melhor.

Tem o Anderson Silva, que faz propaganda de tudo hoje em dia na TV, um tal de Minotauro é um dos bambambans desse esporte que no ultimo sábado, dia 27 de agosto fez a Rede TV de televisão bater a rede Globo no ibope com a luta. E os espectadores dessa luta no Rio de Janeiro foram vários globais, jogadores de futebol, como Cafu, que acha que tem que ter mais lutas dessa aqui no Brasil.

O que será que leva as pessoas a gostarem tanto disso?? É para liberar um stress ao ver os outros se baterem??? Nunca assisti, mas fiquei essa semana inteira lendo notas sobre isso e li hoje da audiência que me deixou impressionado.

Você gosta? Curte? Luta isso?

13 comentários:

  1. Odeio.......boxe, lutas. Não entendo a lógica e a razão de pensarem gostar de bater uns nos outros.

    Absurdo....em minha opinião, uma vergonha humana.

    ResponderExcluir
  2. Não luto. No entanto, não sou contra. Na verdade, o brasileiro sempre foi chegado às lutas, sempre houve um interesse, principalmente por parte dos meninos pelas lutas (judo, karate, jui jitsu e outras). O que leva essa torcida e adeptos atuais é o fato de termos brasileiros na disputa de títulos mundiais. Por que não considerar um esporte importante? Preferiria mil vezes ter um filho levando porrada profissionalmente, num esporte, que vê-lo metido na bandidagem, na droga, levando porrada e tiro de traficantes. Você não? Anderson Silva, por exemplo, era um garoto pobre, poderia ter seguido caminho diferente considerando o lugar onde vivia quando pequeno e adolescente. Eu o conheci. Enfrentou dificuldades,mas treinou, venceu e é o que vemos hoje. Você fala de outros esportes... quanta violência já vimos em campos de futebol, entre jogadores e entre torcidas. Não vejo tanta diferença!

    ResponderExcluir
  3. olá,tudo bem? não ,não gosto,não curto ,mas gosto de ler tudo que vc escreve,grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. Na minha ignorância não consigo entender como "luta" pode ser classificada como esporte`.
    Passa lá tbm...
    http://www.estigmaangel.blogspot.com/
    Bj e boa semana ;)

    ResponderExcluir
  5. Eu escrevi sobre isso certa vez e fui bombardeado, mas fiz uma analogia com o Boxe, uma luta um pouco "mais civilizada", digamos assim.

    http://falandoprasparedes.blogspot.com/2011/02/devolvam-o-boxe-ufc-stinks.html

    Cara, respondendo sua pergunta, "porque se gosta tanto de MMA no Brasil?" é simplesmente porque TEM UM BRASILEIRO COM CHANCES DE GANHAR!!!
    O Brasileiro só gosta do que tem chance de ver um compatriota vencendo. Foi assim com o Tênis, quando Gustavo Kuerten estava no auge. Foi assim com o automobilismo de Senna e Piquet, um pouco menos com Massa. Aliás, enquanto Massa tinha chances de ser campeão todo mundo gostava. O Basquete era o segundo esporte do Brasil e hoje todo mundo largou de lado. Porque??? Porque a Seleção de Basquete simplesmente não existe! Só pra quem é fã mesmo do esporte - como eu sou - pra acompanhar. O volei enquanto não ganhava nada ninguém sequer mencionava. E você se lembra, do próprio BOXE com Maguila e recentemente com Popó. Quem hj fala de Boxe?

    Então, é a mania besta que brasileiro tem de só torcer por aquilo que está por cima ou que tem alguém do país vencendo. A modinha UFC vai acabar assim que Anderson Silva parar de vencer. Ou os outros brasileiros da modalidade. Questão de tempo.

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Vou confessar que nem fede e nem cheira...rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Então Alexandre, eu não ache que seja por ter um brasileiro podendo ganhar.

    Quando o Guga estava no topo poquissimas pessoas assistiam as partidas dele, na época de Oscar e Hortencia a audiencia do basquete era pouca.

    acho estranho isso, de, do nada, as pessoas viraram fãs de MMA.... é coisa de brasileiro, ehehehe

    ResponderExcluir
  8. Oi..
    Não gosto de assistir...mas não sou contra...Adorei o Penso, logo escrevo..
    Beijos!
    San...

    ResponderExcluir
  9. Olá Ronaldo!

    Bem, o MMA é um esporte! Isto significa que seus praticantes são atletas, entretanto os leigos o confundem com "briga" sendo na verdade uma luta, o que é muito diferente, eles sabem o que estão fazendo e gostam disto. Acredito que seja um pouco violento, o que demonstra tamanha coragem dos atletas ao entrar em um octógono. Fico contente em saber que é segunda maior opção do esporte num país como o Brasil que é tão apaixonado pelo futebol. Então é isso cara, aparentemente como você é um leigo neste assunto, aconselho que você dê mais atenção, não digo nem para o esporte, afinal ninguém é obrigado a gostar de nada, mas que veja os atletas, sobretudo os lutadores brasileiros que são boas pessoas como o lutador Maurício "Shogun" Rua, que é um cara muito simpático, possui boa cabeça e etc. Além de tudo isso, eles são brasileiros que nos representam muito bem lá fora.

    Um grande abraço de um amante do MMA!

    Parabéns pelo seu blog, ele é muito legal!

    Siga-me também:

    brevescronicas.blogspot.com

    Anselmo

    ResponderExcluir
  10. Cara, da mesma forma que milhões de pessoas gastam seu tempo assistindo 22 pessoas correndo atras de um bola, a luta também esta fazendo parte das prioridades mentais do brasileiro [...] vai entender.

    ResponderExcluir
  11. Numa sociedade racional a violência deveria ser sempre um recurso estremo e nunca uma atividade prazerosa, ou seja, um esporte.

    Não acho que seja saudável o habito de apreciar um esporte em que os adversários se enfrenta como se quisessem matar seu oponente em alguns casos é até possível se não forem impedidos a tempo.

    ResponderExcluir
  12. Os comentários negativos partem de pessoas que não entendem nada do esporte, nunca praticaram nenhum tipo de arte marcial. Sinceramente, penso que o Brasil demorou muito para dar aos atletas brasileiros e ao esporte como um todo seu devido espaço, uma vez que nossos atletas já estão entre os melhores do mundo. É muita hipocrisia, país em que torcidas organizadas são constantemente alvo de denúncias como agressão e até assassinato, pessoas pensem que o UfC é um esporte violento.
    Ps: Gostaria de perguntar ao cleiton quando algum lutador do UfC morreu de tanto apanhar... risos...

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.