quinta-feira, 5 de maio de 2011

O dia em que o futebol brasileiro sucumbiu.

foto retirada do site do Uol.

Foi uma noite de quarta-feira para se esquecer no futebol brasileiro. De uma só vez Cruzeiro, o mais favorito, Grêmio, Internacional e Fluminense (o que ganha quando não se acredita e perde quando ninguém imagina) deram adeus a Copa Libertadores da America.

Sobrou apenas o Santos do mascarado Neymar e do fabuloso Paulo Henrique Ganso. O resto virou lembrança, na verdade, uma má lembrança.

O Cruzeiro, que fora o melhor na primeira fase, foi eliminado em casa, com expulsão infantil de Roger, ainda no primeiro tempo. O Internacional do recém contratado Paulo Roberto Falcão viu ressurgir o Peñarol e todo o futebol Uruguai. Já o tricolor gaucho já tinha visto a vaga distante ao perder em casa, e ontem confirmou isso, e o Fluminense, depois de ganhar de 3 a 1 no RJ perdeu de 3 a 0 no Paraguai.

As pessoas só dão valor para a Libertadores agora que a rede Globo a exibe, se você relembrar o São Paulo, campeão em 1992, teve seus jogos transmitidos pelo então jovem Galvão Bueno na rede Gazeta. Hoje todos querem ganhar o torneio por conta da emissora.

O futebol já teve mais graça um dia.

5 comentários:

  1. O futebol brasileiro tem mais qualidade. Mas, falta seriedade, comprometimento e entrega.....Acho que o Brasil não vai levar, apesar de minha torcida por Muricy Ramal.

    ResponderExcluir
  2. Também não acredito na seriedade do futebol brasileiro, os jogadores ganham muito dinheiro, mas não existe comprometimento e principalmente, quanto à disciplina, é uma calamidade.
    O futebol do Rio de Janeiro é uma bagunça...
    Abraços do Rio.

    ResponderExcluir
  3. oie *-*
    passando para pedir'
    um favorzinho'
    que siga meu blog'
    http://jennyferlima.blogspot.com/
    sigo de volta' ;)
    bgd desde ja. ♥

    ResponderExcluir
  4. Bueno pues como de futbol no entiendo, te dejo un abrazo de agradecimiento y estima.
    Se muy feli. MARINA.

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.