terça-feira, 19 de abril de 2011

Verbos + Musica da Semana: The Clash - "Should I Stay Or Should I Go"

Verbos

Ontem comecei a criar esse post. Era sobre o verbo Falar, estava tudo pronto, mas hoje veio na minha mente o verbo dever. Vou tentar falar dos dois.

Quando vejo alguma coisa errada eu uso o verbo FALAR, falo para as pessoas o que vi para que elas decidam o que fazer. Muitas vezes fico com receio sobre o falado, pois como diz o velho deitado “a maldade está nos olhos de quem a vê”. Falo porque acho correto, mas as pessoas se incomodam, gosto que falem de mim, criticas me fazem crescer, elogios me fazem pensar.

E como usei o verbo falar hoje me vejo na necessidade de entender o verbo DEVER. Eu falo, mas depois penso se devia ou não ter falado, pois as pessoas com maldade no coração acabam interpretando de outra forma.

Não tenho medo de falar, eu primeiro faço minha analise para ver se devo falar e executo o que achei correto.

Uma musica que fala disso, não achei um verbo que defina o que estou sentindo, mas percebo que são adjetivos não bons.

Should I Stay Or Should I Go – The Clash
Devo Ficar Ou Devo Ir?
Querida você tem que me deixar saber
Devo ficar ou devo ir?
Se você disser que você é minha
Eu ficarei aqui até acabar o tempo
Então você tem que me deixar saber
Devo ficar ou devo ir?

Sempre implicando implicando implicando
Você fica feliz quando estou de joelhos
Um dia é ótimo, o próximo é negro
Então se você me quer longe das suas costas
Bem venha e deixe-me saber
Devo ficar ou devo ir?

Devo ficar ou devo ir agora?
Devo ficar ou devo ir agora?
Se eu for haverá problemas
E se eu ficar haverá o dobro
Então venha e me deixe saber

Essa indecisão está me atormentando
Essa indecisão me incomoda
Se você não me quer, deixe-me livre
Se você não me quer, deixe-me livre
Exatamente quem eu devo ser?
Diga-me o que tenho que ser
Você não sabe quais roupas seriam adequadas para mim?
Sabe que roupa me cai bem?
Venha e deixe-me saber
Mas isso é você que tem que decidir
Devo me acalmar ou devo dar pancadas?
Devo ficar ou devo ir?

Devo ficar ou devo ir agora?
Eu fico ou eu vou?
Devo ficar ou devo ir agora?
Eu fico ou eu vou?
Se eu for haverá problemas
Se eu for haverá perigo
E se eu ficar haverá o dobro
Se eu ficar haverá o dobro
Então venha e me deixe saber
Você tem que decidir por mime
Devo ficar ou devo ir?
Eu fico ou eu vou?

11 comentários:

  1. The Clash é lembrar a infância rebelde.

    ResponderExcluir
  2. Gosto d passar e aprender por aki

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    sempre gosto do que você screve. E the clash aí é mtoooooo bom!

    Passa lá no meu blog tbm tem indicação de livro.

    bjos!

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso!

    O post e a música casaram muito bem, ficou absolutamente per-fei-to!

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. The Chash - mostra muito de um ontem, não tão longe... Devo ficar ou devo ir agora?

    Gostei!
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  6. muito bacana o blog segue o meu tambem
    www.blogquasevida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ontei ia comentar sobre esse post, que gostei bastante, mas depois acabei passando despercebida rs. Eu era meio faladeira, ao contrario de você, mas ando me policiando bastante. Nem sempre devemos falar no calor da raiva, da anciedade, né? Por vezes acabei falando o que não devia, ou sendo mal interpretada e magoando alguém. Agora presto mais atenção ao falar e uso mais o verbo "dever" rsrs bj Ah a musica é mbem interessante. Já falei (digitei) de mais, né?

    ResponderExcluir
  8. Ah! 'Quantas pessoas paradas na esquina, falando demais por não ter nada a dizer' (Engenheiros/Legião). 'Eu não vou falar de amor e nem de arrependimento, mas só o que digo agora e aqui nesse momento' (Titãs).
    Gente maldosa... que tédio... que carreguem suas dores solitárimente! Que não tentem reduzir seus rancores duplicando o sentido do que verberamos! Se eles querem vir, eu sei que vou!

    The Claaaaaaaaaaaaaaaaaash!!!!!!!! Pleeeeease!!!
    Que saudades do bom e bom Punk Rock!!!

    B.jokas!!!

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.