domingo, 20 de março de 2011

E o melhor letrista da história do rock brasileiro é:

Roger Moreira, Mr. Ultraje a Rigor. Não tem pra ninguém. Rodolfo, dos Raimundos, tá ali na área, mas produziu pouco. Paulo Ricardo, nos melhores momentos do RPM, mandava espetacularmente bem. Marcelo Nova escreveu umas dez que ninguém fez melhor. Erasmo deu seus tiros, mas sofreu com a influência adocicante de Roberto Carlos. Raul Seixas, bem, um clássico atrás do outro, mas a preguiça atrapalhava, e o melhor - na minha imodesta opinião - foi em dupla com Paulo Coelho. Mutantes, em termos de letra, é banda de secundarista; Rita Lee solo se rendeu rápido à gracinha.

Quem mais tem por aí? Ninguém faz uma canção dos Engenheiros do Hawaii melhor que Humberto Gessinger. Chico Amaral tem sacadas de primeira em letras que fez para o Skank. Marcelo D2 fez um punhado de pérolas. Gosto muito de Gabriel Thomaz, do Little Quail e Autoramas. Cazuza, nos momentos de humor, tinha seu charme; no melodrama era de chorar de chato, como seu contraponto Renato Russo.

O melhor rock brasileiro é brasileiro. Traz em letra e música algo do espírito do nosso país; tira sarro como brasileiro, jorra sangue brazuco; mas também é reconhecivelmente rock na alma, e rock é desafio.

Pop é outro departamento, assim como MPB. Os Titãs nunca decidiram exatamente o que são e deixo eles fora desta conversa, ainda que não dê para negar a permanência de umas tantas canções da banda; idem Paralamas. Caetano Veloso pode macacaquear todas as músicas dos Pixies, acompanhado de músicos com um terço de sua idade; não foi e nunca será rock.

Tem muita música boa por aí, e muita letra inesquecível. Mas não sei de banda que seja tão claramente rock'n'roll e tão assumidamente brasileira – e mais, paulistana - quanto Ultraje a Rigor; nem de roqueiro brasileiro que tenha feita tantas músicas boas com tantas letras ótimas por tanto tempo - trinta anos! - quando Roger Moreira. E olha que ele não tem nada pra dizer...

Matéria que saiu no blog do André Forastieri
Link original: http://twixar.com/QdG4NE

7 comentários:

  1. Eu gosto praticamente de toda a lista, inclusive Titãs, que concordo nunca se definiu muito bem.

    Só faltou o Ira, na minha visão.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com td, principalmente onde citou Titãs, Cazuza e Renato Russo. Titãs tinha td p ir fundo no rock, mas um dia s rendeu ao pop p vender, ou pq envelheceram, sei lá o q! Cazuza e Renato sem comentários, melancólicos...

    ResponderExcluir
  3. Bom acho que todos tem o seu momento. Quantos trabalhos de Bach, Monett e até Madona ficam em segundo plano? Nem tudo dá certo né?
    Essa é a caminhada.

    Mas em suma, tudo que está contido aí em cima tem fundamento.

    E dá-lhe Ultraje a Rigor...Êêê saudades do bom e velho rock!!!

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a escolha. E adorei quando você disse que "o melhor rock brasileiro é brasileiro. Traz em letra e música algo do espírito do nosso país; tira sarro como brasileiro, jorra sangue brazuco; mas também é reconhecivelmente rock na alma"

    ResponderExcluir
  5. Concordo com o que vc disse
    Mas também acho que é fase.

    beijos e ótima semana.

    ResponderExcluir
  6. A maioria dos jovens de hoje em dia menosprezam tudo isso, não conhecem a cultura do próprio país.
    Quando comecei a ler esperei você citar o Humberto Gessinger, Engenheiros do Hawaii é uma das banda que mais escuto. AHHH SE NÃO COLOCASSE IA VÊ ESSA GURIA AQUI BRAVA HEIM kkkk
    Gostei do seu blog, seguindo :)

    http://ideiasdesbloqueadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. RADIO GOSPEL MUSIC LIFE

    http://crescerevencercomjesus.blogspot.com

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.