quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Não explica, mas da para entender

Estou trabalhando na Avenida Paulista a duas semanas e vira e mexe manchetes jornalísticas falam a respeito de agressões a homossexuais.

Creio que cada um pode ter a opção que quiser, desde que respeite as outras pessoas.

Ontem cruzando a avenida vi um rapaz com sua mãe, ele devia ter uns 26 anos e ela uns 44, avistaram uma menina com o cabelo todo rosa, calça verde limão e blusa amarela, fizeram inúmeros comentários maldosos dos dois a respeito da menina que, por estar com fone de ouvido, não pode ouvir nada.

Isso demonstra o porque algumas pessoas acabam entrando em conflito com as outras, a falta de respeito. A menina estava sem ouvir e eles ali acabando com a menina, e se ela ouvisse e partisse para a ignorância com os dois? O que a mídia iria falar? “Menina colorida ataca jovem e mãe da alta classe na avenida paulista”?

Isso é falta de respeito das pessoas, os homossexuais, assim como vários grupos étnicos (por conta de raça, credo) sempre se acham discriminados, o que nem sempre é verdade e sim uma atividade ignorante por parte deles mesmo.

9 comentários:

  1. olá, gostei do tema do post só não entendi o ultimo parágrafo...mas considero que sim. Há grande falta de respeito e precnceito em toda parte, é o mundo regredindo cada vez mais!

    ResponderExcluir
  2. Todo preconceito é burrice, cabeça pequena, insegurança, baixa autoestima. Inteligente é viver e deixar viver. As próprias "minorias" são preconceituosas e aí a gente fica sem saber quem nasceu primeiro: o ovo ou a galinha? Pra mim preconceito é burrice seja de quem for. E ponto.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  3. Estou com a colega ai de cima.. gostei do tema, mas nao achei conexa a conclusao apresentada no ultimo paragrafo. Nao que seja erroneo, pq é fato q alguns grupos se auto-discriminam, ao se acharem discriminados.. mas o exemplo retratado é de preconceito multilateral. A mae q deseduca, o filho q concordo e possivel posicionamento da midia que piora a situação pra garota...

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Não importa se eu sou hetero ou homossexual eu preciso e devo respeitar a individualidade de cada um.

    E isso, está longe de ser uma questão apenas sexual. Essa é uma questão racial, social........................

    Chega de preconceitos.
    Cada um faça o que achar melhor com sua própria vida. Seja o que for.

    ResponderExcluir
  5. O respeito é fundamental. Os pais precisam educar seus filhos desde a infância, para que respeitem todo mundo independente da raça, sexo ou credo.


    abraços

    ResponderExcluir
  6. Pura verdade, o mundo está aí cheio de ignorância e inconseqüências. O respeito está de longe ser a unica opção a ser feita e realizada.

    Beijos linda.

    ResponderExcluir
  7. Se um cara fala alguma gracinha pra mim enquanto estou passando por ele na rua, posso me irritar e partir pra violência? Sei lá, acho o assunto muito maior do que só "os homossexuais são ignorantes e desrespeitosos".
    Entendo seu ponto de vista, e guardadas as devidas proporções, concordo com ele. Desrespeito nenhum deve ser tolerado, seja por gracinhas ou por violência (muito menos)
    No caso da Av. Paulista, acho que todos os cinco covardes que agrediram os outros jovens devem ser punidos, e como adultos, pois uma pessoa que tem psicológico o suficiente pra fazer aquilo, tem pra ficar na cadeia. Ação nenhuma justifica o que fizeram.

    ResponderExcluir
  8. parabens, um trabalho de 1ª.

    http://danbrandao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Como um grande amigo diria, o Brasil ainda está no sec XXI, mas com a mentalidade de idade média.

    http://delitosperdidos.blogspot.com/

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.