sábado, 14 de agosto de 2010

Gente que adora aparecer

Ai, escapou de novo... Muitas pessoas são tímidas, recatadas, adoram ficar sem ser notadas. Outras são exatamente o oposto, querem estar sempre no foco das atenções.

A pseudo modelo e atriz Nana Gouveia é uma dessas pessoas que adoram aparecer. Toda semana vejo noticia que ela esteve fazendo topless na praia, deixou a calcinha aparecer ou o decote a traiu.

Como assim? Como ela saiu de casa sem perceber que algo iria aparecer “sem querer querendo”?

Isso é um meio dela estar sempre na mídia, sempre estar em destaque, que se lembra dela na “Casa dos Artistas” do SBT lembra que ela vira e mexe ia passar creme no corpo em frente ao espelho para mostrar algo.

Qual é o valor que gente assim tem para a sociedade? Ela só tem valor para os caras sem noção que babam ao ver tal situação, e por isso ela faz.

29 comentários:

  1. Eu também gosto de aparecer por aqui! Enquanto a midia der espaço vão surgindo mais pessoas assim em busca dos seu quinze segundo de fama!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Ronaldo:
    Pessoas assim não amadureceram. É o que sentimos. Um ótimo sábado para você querido amigo. Um ótimo final de semana :)

    ResponderExcluir
  3. Realmente, gente assim não tem valor algum!

    ResponderExcluir
  4. Coitada, chego a ter pena de alguem que só consegue aparecer dessa forma!E mesmo assim, por 5 minutos e só! kkk

    Bj

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu blog,visita ?

    http://nuvem-de-amor.blogspot.com/

    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  6. Tem gente que só quer aparecer e fica fazendo besteira para ficar na mídia o tempo todo, pois os repórteres sempre noticiam qualquer fato diferente que acontece com os famosos.
    Eu acho isso pura perda de tempo. Essas pessoas deviam perder seu tempo com coisas mais úteis.

    ResponderExcluir
  7. Ola!

    Eu particularmente não gosto de pessoas que se acham, infelizmente a midia gosta. é isso que dá o lucro deles...

    Olho para a rede record por exemplo. Vejo aqueles crimes que vire e mexe acontece por ai. Vendo uma dessas noticias eu meio que elaborei uma frase para categorizar tal atitude: Record - o teu sofrimento é nosso IBOPE.

    A sociedade toda está corrompida com essas figurinhas, e a midia gosta, nós gostamos, todo mundo gosta. Infelizmente temos um sistema que apoia o lucro, e onde está o dinheiro é o que é o certo hoje em dia. Por isso eu particularmente acho normal a maioria desses crimes barbaros... São barbaros porque a midia colocou assim, pois quantas crianças e pessoas são esquartejadas, ou jogadas da janela por todo o país. No entanto pega um desses casos mais hediondos e faz do criminoso um personagem de uma trama.
    Eu simplesmente ignoro sujeitos como essa "modelo" que você citou. Para mim ela não faz diferença nenhuma, com ou sem roupa. Meu foco é outro, mas que encaixa perfeitamente nisso. Vejo essa sutil mascara por trás de tudo.
    Não chamaria tanta atenção se não fosse um Tabu o que a nossa sociedade faz com a imagem da mulher, e mais, a imagem do objeto erótico.

    Só nesse tema levantaríamos tantas outras questões que daria até para escrever um livro.

    ResponderExcluir
  8. Adorei seu blog e ja estou te seguindo,se der faça o msm por mim.Abraços!!!

    http://circulacaoup.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    é pena, mas há gente que só assim...

    gostei bo blog..., vou seguir-te...


    Convido-te e visitar o meu blog...

    Um beijo de Portugal e que tenhas um excelente fim de semana.

    ResponderExcluir
  10. Desculpe a minha falta de atenção hehehe

    ananitacristina@blogspot.com
    Uma guria apaixonada

    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. É uma triste realidade. Se expor de forma tão negativa para se sentir "famosa", pra ter a impressão que alguém se importa. Triste.
    Beijão, Ronaldo.
    Tava com saudade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Concordo com o Marcelo totalmente!
    Aqui no Japão, eu não tenho a assinatura da Globo por ser cara, só tenho a Record.
    Mas, confesso que quase não assisto porque as notícias são muito tristes. Só mortes, estupros, sequestros, enfim, tudo que faz mal de ver, chego a dizer que faz mal até pra nossa alma.

    Mas, falando sobre a Nana, se ela (depois de muitos anos) continua na mídia é porque existem telespectadores ou leitores que a bancam, lhe dando ibope. Ela apela porque sabe que o povo gosta de olhar.

    O voyerismo faz parte da vida das pessoas. E mesmo sem gostar dela ou reprovando tais atitudes, vc quer apostar quanto que muitos dos seus visitantes (não todos, claro) entraram aqui só para ver a foto ampliada? rsrsrs

    Esse é o nosso mundo Ronaldo. Eu penso assim, logo escrevo! rsrs.... mas é sério.

    Ela é linda, não podemos negar, mas que é vulgar, é.

    ResponderExcluir
  13. O ser huamnos em parte não se valoriza mais, o amor próprio se foi, sabe a tentativa de ser "celebridade" de ter uma "fama" fictícia, ridículo.
    è um tipo de situação dificil de acreditar, mas cada um faz da sua vida o que quiser..=/ só temosa a lamentar..
    beijos adoroo o blog!!

    ResponderExcluir
  14. Estou voltando Ronaldo... tentando voltar, vou postar agora mais no juntas e sozinhas, obrigado pela visita!!
    beijos

    ResponderExcluir
  15. O que tem de corpo, tem de mente pequena. Prefiro o talento.. =)

    Beijos, Rô, na mão. Rs.

    ResponderExcluir
  16. Lamentavel! Esse tipo de pessoa parece que não tem conteudo pra mostrar para o publico, então utiliza dessa forma para aparecer! O pior é saber que da resultado!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. RONALDO..
    concordo com vc..
    ha pesssoas que por tão parca cultura necessitam desesperadamente expor seus corpos como pedaços de carne nun açougue para serem notadas.
    fico triste que uma mulher tão bonita, mãe de familia e que poderia ter evoluido ao longo de todos esses anos de exposição na mídia não o tenha feito.
    é triste e lamentável..
    o que fará ela quando não sobrarem mais as tais carnes????
    suicidio???kkkkk
    ótimo texto.
    bjuivos em seu coração e tenha uma semana linda.
    loba.

    ResponderExcluir
  18. Oi! Amei o blog! E o que escreveu é verdade. Estou te seguindo. Me siga tbm?! Beijos!

    ResponderExcluir
  19. É por essas e outras que 2012 é um bom negócio!

    ResponderExcluir
  20. É o tipo de gente que não tem absolutamente nada à acrescentar (de bom), e só sabe mesmo aparecer. Ridículo! Digno de pena.

    Amo seu blog e percebi que temos pontos de vista parecidos! :)
    Uma ótima semana :*

    ResponderExcluir
  21. Nem acredito que encontrei um blog do jeito que eu gosto, com assuntos variados ;D parabens!

    ps: eu nao suporto pessoas que querem se aparecer.

    ResponderExcluir
  22. Também sou adepto desse ditado...rs


    abraços

    Hugo

    ResponderExcluir
  23. É UMA TRITEZA QUANDO NÃO SE SABE RESPEITAR O PRÓXIMO,BEIJOS

    ResponderExcluir
  24. Não sei se já avisei, mas tem selo no meu blogue pra vc :)

    ResponderExcluir
  25. Triste isso. Eu odeio barulho,mesmo porque convivemos com ele a maior parte do dia,quando chego em casa venho em busca do silêncio,pois preciso que minha mente silencie também.
    Infelizmente o desrespeito é uma forma de chamar atenção porque acham que se não for assim,não serão notadas. Mente infantil é fogo viu! rs... Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  26. Oi, Ronaldo!
    Tudo bom?
    Acabei de conhecer o seu blog.
    Estava procurando uma definição pra como o termo "aparecer" é usado no sentido de, bem, de aparecer por aparecer :), como você mostrou, e achei super interessantes os comentário! Valeu mesmo!
    Eu tb mantenho um blog, é de poesia e prosa. Se chama livrovoador: www.dianamenasche.blogspot.com
    Tudo de bom!,
    E um grande viva à dignidade à antiga!!!!
    Di

    ResponderExcluir
  27. Opa!
    Só um acréscimo ao comentário!
    Eu não tenho absolutamente nada pessoal contra a atriz mencionada -- nem a conheço!!! Só achei interessante a discussão da noção do que é "aparecer por aparecer"...

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.