domingo, 18 de abril de 2010

Deu vontade (nº2)

Houve um tempo que eu fui o mais rápido, acabei chegando onde nenhum outro chegou e pude fiar no quentinho nunca antes ocupado;
Houve um tempo que eu fiquei nesse lugar, quente, seguro, protegido, tendo todo o arinho do mundo, mas tive que sair;
Houve um tempo que eu só tinha duas preocupações na vida, comer e dormir, o resto é com os outros, mas cresci;
Cresci e foi o tempo de ter na bola de futebol a coisa mais importante da minha vida, ela era a minha melhor amiga, mesmo que eu só a chutava;
Cresci mais um pouco, e o fato de andar de mãos dadas era porque a gente namorava, era o que o mundo via, menos eu e ela;
Cresci mais e comecei a ter mais preocupações, precisava tirar nota para evoluir, provar para os outros que eles eram bons e não eu;
Evolui, mudei, senti o peso de acordar cedo e pegar transporte lotado logo cedo para tentar ser alguém na vida, mas a tarde podia descansar;
Descansava, era um tempo bom, ligava a TV e a deixava sem som, ligava o radio, com muito som, e lia, tudo que me interessava;
Podia ir aonde quisesse, afinal já trabalhava e sabia o valor que um papel monetário tinha, então me achei dono desse enorme nariz;
Veio uma, depois outra, depois varias, enfim, conhecia o gosto amargo da palavra decepção, não foi fácil, mas aprendi a viver com ela;
Mas é claro que teve alegrias, amigos novos, amigos velhos, coisas novas, que nunca imaginei sentir, idas e vindas, o mundo é assim;
A evolução não parou, progredi, me estabilizei, me centrei, me encontrei, feliz fiquei, e assim pensei “é assim que vai ser”;
Mas ela estava ali, como sempre, e veio me decepcionar, mas nada de me abalar, vou em frente, sou guerreiro, lutador, acredito em mim;
Estou vivendo, vencendo, lutando contra o que não quer me fazer bem, mas to ai feliz, atrás da felicidade, como sempre estive;
Se achas que é fácil é porque não valoriza. Desde a saudade do ventre materno, até a perda de entes importantes, a vida é assim, uma sucessão de valores, se antes era comer e dormir, hoje para ter isso é preciso lutar, não parar, viver sem desistir.

Vivo porque amo a vida e tenho tudo que amo, se não tenho algo, não faz mal, não está me fazendo falta.

18 comentários:

  1. Adorei seu texto... me fez pensar na minha vida, tudo oq eu passei e pelo que ainda não presenciei, mas sei que um dia ira acontecer comigo tbm...
    A vida não é facil, mas se soubermos viver podemos molda-la e viver da melhor maneira possivel.. afinal "É preciso saber viver" rsrs

    Beijos e um otimo domingo

    ResponderExcluir
  2. Maravilha de desafogo!
    Mas ainda tem mais e nós sabemos...
    Carinhosamente Mila!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto uma bela reflexão...
    Bom domingo

    ResponderExcluir
  4. Acho essas lutas diárias muito interessantes... é o que mais admiro nas pessoas como indivíduo na cultura ocidental contemporânea.

    ResponderExcluir
  5. Verdade! A poesia se completa na alma de cada poeta...
    Mesmo por tudo que já passastes continue explorando seus sentidos, rs.
    Principalmente o toque, progeção de carinho...
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Adorei, acho que todos temos que lutar por aquilo que queremos e acreditamos, às vezes nem tudo acontece como queremos mas nem por isso é ruim ou significa que nos falta algo.

    ResponderExcluir
  7. Poxa!
    Tu escreve bem demais.
    Texto lindissimo!

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Linda postagem, nos faz refletir.
    Temos que dar valor as coisas simples da vida, pois é o que precisamos para sentir felicidade.
    Tenha uma semana deliciosa.
    Bj
    *LADY*

    ResponderExcluir
  9. Ótima escrita, as vezes paramos pra pensar na vida e, na maioria das vezes, da um poema.. rs.

    Obg por me add no orkut =)

    Beijos, querido.

    ResponderExcluir
  10. Com o perdão da palavra. Caralhoooo
    que texto fodástico.
    Sempre penso assim sobre a vida. Crescer é dificil, mas sou feliz com o quê tenho .
    Show...

    ResponderExcluir
  11. Oi, retribuindo a visita...
    Muito bons seus textos..

    Parabéns

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. de altíssimo valor literário!
    adorei! adorei...

    ResponderExcluir
  13. Olá. Tudo bem?
    Cara gostei muito do seu blog.
    O texto é bom e as idéias dos post melhores ainda.
    Estou de olho em vc. To te seguindo.
    Abraços,
    Léo

    ResponderExcluir
  14. Muito bom seu texto.Suas palavras descrevem bem o que sinto.Saudades do passado,aquele que não tínhamos preocupações.Eu era feliz e não sabia!
    bjsss

    ResponderExcluir
  15. Adoro gente!
    Gostei muito do seu desabafo. Na vida, ninguém tem tudo mesmo. É preciso lutar, sabendo que a perfeição e a felicidade estão divididas para várias pessoas.
    Penso como se fôssemos uma pequena fatia de uma gigantesca pizza de diversos sabores.

    Um grande abraço. Desejo-lhe muita saúde, paz e alegria.

    ResponderExcluir
  16. Passei para lhe dizer: Boa noite, durma com Deus.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  17. Olá, quanto tempo!
    Gosto dos desabafos, entendo que nem sempre tudo sai como pensamos mas temos o direito de consertar.
    Sabemos que felicidade é, apenas um caminho para alcançarmos a sitônia que precisamos para o que queremos e acreditamos.

    Ótimo final de semana.

    Beijos.

    Lucimar

    ResponderExcluir
  18. Eu tb encontrei peças raras dos tempos de 'D. João charuto'...gente que eu não teria mais o mínimo contato se não fosse graças a nova tecnologia.Gente que casou e mora longe.Gente que mora no Brasil,mas em outra cidade...felizes surpresas que as redes sociais nos prega.Só que nada substitui o bom e velho papo olho no olho!
    Bjs

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.