quinta-feira, 20 de março de 2008

Irmãos

Rolling StoneEu viciei em comprar a revista Rolling Stone, mas essa comprei pela matéria da capa, que fala da reconciliação dos irmãos que fundaram uma das bandas de rock mais importantes do Brasil, que foi o Sepultura.
Mas lendo a história dessa reconciliação (a história da montagem da banda e de todo o resto eu já sei de cór) vi que tem muito em comum com a minha historia e de meu irmão. Graças ao bom Deus nunca deixamos de nos falar, hoje estamos distantes por conta que ele está na casa da namorada em Criciúma e eu em São Paulo, mas o email continua a funcionar. E vi que ele, além de ter uma aparência física com o Iggor os gestos são parecidos. O Max fez as musicas novas, em varias colocou a palavra Mixhell, que é o nome do projeto do Iggor, em suas musicas, fez muitas coisas pelo irmão, enquanto o irmão leva a vida numa boa, sem citar ou tocar as musicas do irmão.
Eu e meu irmão também somos assim, vivo citando ele em tudo que é lugar, creio que ele não faz o mesmo, mas não me importa, o que achei legal foi o fato de ver que dois caras que nós dois curtimos tem uma atitude parecida com a nossa.
A vida imita a arte e vice versa

3 comentários:

  1. É Ronaldo irmão é assim mesmo ^^ mas pode apostar que apesar da indiferença nas citações não se repete na cabeça.

    ResponderExcluir
  2. Sepultura. Grande banda, já dizia Renato Russo. Que legal hein? É muito bom quando vemos uma história parecida com a nossa para que possamos comparar. Eu, por exemplo, me identifico muito com o que a Clarice Lispector escreve.

    =)

    ResponderExcluir
  3. Gostei do seu comentário em meu Blog... fez pensar!
    :D

    A história do seu irmão... parece que qto mais longe estamos deles, mas o amamos...

    Bjus! [Tô te add em meus favoritos!]

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.