quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Paixão por futebol aumenta risco de infarto


Uma matéria que saiu no site do Globo Esporte afirma que o futebol pode aumentar o risco de infarte. Isso não é uma "novidade", visto que muitos se empolgam tanto que falecem depois de ver seu time fazer uma lambança.

Lembro-me de quando o Corinthians conseguiu o primeiro título de campeão da primeira Copa do Brasil e meu irmão, na época um fanático torcedor do time, quase teve um treco com cada lance perdido. Depois daquele dia ele decidiu que nunca mais torceira para ninguem, as vezes ele assiste algo ou lê por interesse para conversar comigo, mas pouco.

Eu já fui muito mais fanático pela minha Lusa mas hoje sou bem menos, e não foi lance de quase morrer (só de raiva com um argentino em 1998...) mas eu comecei a ver que o futebol é muito mais um negócio que envolve grana, gente que não sabe nada e quer mandar. Lá pelos lados da Portuguesa foi assim, e graças da Deus, eu soube parar, eu poderia estar ali, junto da diretoria, claro que hoje ta tudo mais tranquilo, perto dos últimos 5 anos, mas se você abre os olhos percebe que o futebol não rola somente no tapete verde, e sim numas salas com tapetes escuros, ar condicionado e muita caneta, infelizmente.

Eu continou a acompanhar meu time, e também futebol no geral, mas com menos intensidade, não é medo de ter um infarto, mas sim de morrer de desgoto.

7 comentários:

  1. Primeeiramente obrigada pelo comentario *-*'
    eu vou seguir seu conselho concerteza eu sei qe posso ficar melhor..
    obrigada mesmo ta show aki *-*'
    beeijiinho ;*

    ResponderExcluir
  2. Bem, pelo menos disse eu não morro. Já meu pai e meu irmão... Não é só o futebol que fica muito além do que a gente vê, a maioria das coisas hoje em dia, pra não dizer tudo, rola com muita coisa por trás. A coisa é, se não tem dinheiro, não interessa. Infelizmente.

    ResponderExcluir
  3. Tá bem legal teu blog.
    Obrigada por comentar no meu.
    Pois é.Aqui em casa ninguém corre esse risco.Ninguém torce pra time nenhuma,nem acompanha nada.
    (:

    beijO*

    ResponderExcluir
  4. O assunto não é para mim interessante mas, é porque não curto futebol. A notícia é relevante...muitos tratam futebol ou time como membro da família...morrem por eles.
    Gosto da maneira como escreves, os temas são curtos e rápidos! Otimo visual do blog! Sucesso!!! \o/

    ResponderExcluir
  5. Futebol aos brasileiros. Beisebol aos americanos. Rugby aos ingleses. São paixões nacionais, e como toda paixão, faz mal tal qual faz bem. o/

    ResponderExcluir
  6. Poxa obrigada mesmo pela força enfim..

    po que leegal pena qe vc perdeu tudo mais qe bom qe vc fez amizades e mantem contato até hooje *-*'

    qualquer coisa que precisar também to la
    beijinho ;*

    ResponderExcluir
  7. Incerta de minha capacidade em registrar objetivamente o que penso a respeito dos malefícios à saúde física/mental que torcedores fanáticos estão expostos...vou apenas parabeniza-lo pelo blog e... como colaboração, para os possiveis leitores que por acaso chegarem aqui, como eu, numa busca sobre " ser corintiano e riscos para saude ", testemunhando a ocorrencia de uma fatalidade..... "há um ano, Zé Luis um jovem de 30 anos, bem empregado na área de engenharia, pai de uma filha de 7 anos, atletico, condições de saude perfeita e acompanhada periodicamente pelos medicos da escola de aviação, onde tirava licença de piloto
    (PPH)...não fumante...ao assistir o jogo corintians x goias numa tarde de domingo...teve seu ja costumeiro espetaculo de euforia,estivesse seu time ganhando ou perdendo, interrompido ao quarto gol sofrido pelo corintians,...por um INFARTO FULMINANTE..."

    É claro que o foco esta mais sobre o " ser fanatico" que "ser corintiano".... mas eu, que fumo há 30 anos e como sua esposa era alvo frequente das reclamaçoes e alertas de que estava me matando a cada tragada....(rsrsr sem contar com o pequeno detalhe de 13 anos mais velha que o "ZÉ SAUDE" ) posso afirmar que no meu caso " CORINTIANS MATA MAIS RAPIDO QUE TABACO"....rsrsrs o ideal seria ficar longe dos dois rsrsrsr
    Valeu a oportunidade do desabafo....
    Sandra Villas (facebook)

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.