quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Além do meu tempo

Sempre digo a mesma frase “Não sou melhor que ninguém” tenho uma humildade que não é mentirosa, e reconheço as coisas, só que faz um tempo que tenho me achado “além do meu tempo”.

Quando eu estava no colégio, lá pelos idos do fim da década de 80 e inicio de 90 achava que esse lance de vestibular iria cair por terra, que as coisas seriam diferentes, e temos, há algum tempo, os cursos profissionalizantes, que tem feito mais sentido que muita faculdade, afinal na faculdade você fica/ficava 4 ou 5 anos com um monte de coisa “sem sentido” e hoje os cursos estão mais enxutos pois há a fuga para os cursos que são mais diretos.

Passei minha infância sofrendo com os benditos cadernos de caligrafia, odiava aquilo, me causou traumas e viva falando que trabalharia com algo que não fosse preciso escrever. E cá estou, com o computador, onde a minha letra e a da pessoa que tinha a letra mais bonita no caderno são iguais e compreensivas.

Dou aulas desde 2002, mas desde 1999 digo que não é necessário o tal “material didático” para ir para a escola, eu mesmo ia para a escola com o cartão para passar na catraca apenas, afinal prestava atenção nas aulas e assimilava o que era explicado, e hoje, com esses smartphones e tablets, até mesmo notebooks, não é necessário muita coisa para ir para a escola.

Pra que ir a lugares longe se há a vídeo conferência? Lembro que eu sempre achei que isso iria acontecer um dia, você estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Hoje a eleição é feita de forma rápida e eficaz, com urna eletrônica, acredito que logo iremos votar de casa, sentados em nossos sofás.

Posso pagar contas pelo celular, caso não as tenha colocado em débito automático.

Acredito que logo as escolas estarão fadadas ao simples fato do aluno ir apenas à formatura, se essa ainda existir.

Eu visualizo algumas coisas que acredito que irão mudar logo, seja pelo bem ou pelo mal, mas como disse no post anterior, tudo é consequência de uma série de coisas, cabe a cada um se adaptar.

3 comentários:

  1. Tem coisas que eu acredito tb que não vão mudar, faz parte da nossa sociedade.
    Um ótimo dia pra vc =)

    ResponderExcluir
  2. Acho que a consequência mais direta dessas mudanças é a tecnologia. Tudo está muito tecnológico, a ponto de reduzir as interações sociais e aumentar a individualidade. E é por meio dessa individualidade que passamos a fazer as coisas de maneira mais "confortável" e rápida.

    ResponderExcluir

É legal expor o que pensamos, eu já fiz a minha parte e você está fazendo a sua agora, e eu agradeço.